Nenhuma informação no momento

O RH E A GESTÃO CORPORATIVA NO CINEMA E NA TV

28, Mar. 2024

Como o mundo corporativo é explorado nesses dois pilares da cultura pop.


 Nos últimos anos, a cultura pop tem explorado cada vez mais os intricados labirintos das corporações e dos departamentos de recursos humanos em suas narrativas de ficção. Nos filmes e séries as histórias usam e abusam de situações reais exageradas, cômicas, fantasiosas e aterrorizantes que se desenrolam nos corredores das empresas e oferecem um espelho intrigante para nossa sociedade, destacando questões de poder, hierarquia, ética e até mesmo a luta pela sobrevivência em ambientes altamente competitivos.

Essas obras da cultura pop nos trazem uma ampla gama de perspectivas sobre o mundo corporativo e os desafios enfrentados pelos funcionários dentro desses ambientes, explorando de maneiras multifacetadas em diferentes situações e contextos culturais, demonstrando como a relevância e responsabilidade desses departamentos são parte primordial não somente nas dinâmicas profissionais, mas também pessoais da vida dos trabalhadores.

Neste artigo, citaremos algumas das obras mais notáveis que tratam diretamente ou possuem como pano de fundo o Departamento de Recursos Humanos e a Gestão Corporativa em geral, examinando como elas apresentam o esse tema.

 

The Office (2005-2013)
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=tNcDHWpselE
Começando com uma das melhores séries de comédia de todos os tempos. Remake americano de uma série inglesa, The Office oferece uma visão hilariante e muitas vezes absurda da vida em um escritório de uma empresa de papel. Estrelada por Steve Carrel e com um elenco impecável, os episódios frequentemente exploram questões complicadas como assédio no local de trabalho, ética empresarial e rivalidades internas, sob um olhar cínico e hilário, retratando como as políticas administrativas, muitas vezes absurdas, de uma empresa se chocam com as realidades caóticas do dia a dia.

 

Amor Sem Escalas
(Up in the Air - 2009)
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=mAoLtBSNKC4
Este filme estrelado por George Clooney segue a vida de um consultor de demissões corporativas, cujo trabalho é viajar pelo país demitindo funcionários em nome de empresas que terceirizam essa função. O Departamento de Recursos Humanos aqui é retratado como uma extensão impessoal das decisões corporativas, encarregado de implementar políticas que afetam drasticamente a vida dos funcionários. O filme levanta questões sobre a natureza do trabalho moderno, a desumanização nas relações entre empregador e empregado, e as consequências emocionais das decisões corporativas.